Juma Aiuba  - Morreu o jornalista e activista social Juma Aiuba

Morreu o jornalista e activista social Juma Aiuba

/

Colaborou durante a carreira com várias publicações nacionais. Morreu na madrugada desta terça-feira, vítima de doença.

O jornalismo moçambicano perdeu um dos seus pilares mais sólidos e um pouco da sua alma: morreu o jornalista Juma Aiuba. Morreu em casa, cidade de Nampula, na madrugada última de terça – feira.

Jornalista desde sempre, licenciado em jornalismo pela Escola de Comunicação e Artes (ECA) da Universidade Eduardo Mondlane, os seus escritos foram publicados nos jornais Diário da Zambézia, Jornal Notícias, Savana, Autarca, Embondeiro e nos últimos tempos no matutino Carta de Moçambique com cronicas e sátiras com críticas as instituições politicas, hábitos e costumes do quotidiano nacional.

Com larga experiência em trabalhos com as comunidades através de organizações não-governamentais, foi uma voz importante no processo de fortalecimento da democracia no País.Bastante interventivo nos últimos processos eleitorais onde emprestou o rosto e a sua verbalidade peculiar a organismos independentes de monitoria e gestão de conflitos eleitorais.

De trato simples, Juma foi descrito como “o Trevor Noah da nossa crónica jornalística”. Natural de Maganja da Costa, Provincial Central da Zambézia, preparava-se para editar um livro de cronicas originais.

O último artigo de “Maitololo” foi publicado nesta segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2021 na Carta de Moçambique com o titulo Sobre os tomates do Doutor Hélder Martins e as línguas dos cães da corte”.

 

17759004 1600x1063 1 - Morreu o jornalista e activista social Juma Aiuba
Notícia Anterior

Daviz Simango: Governo moçambicano aprova resolução para realização de funeral oficial

JumaAiubaUltimoAdeus - Morreu o jornalista e activista social Juma Aiuba
Próxima Notícia

Cambio final e desligo, adeus Juma...

Recente deDESTAQUES

Translate »
WhatsApp chat