MANUEL DE ARAUJO - “Daviz Simango serviu a pátria com amor e dedicação” – Manuel de Araújo

“Daviz Simango serviu a pátria com amor e dedicação” – Manuel de Araújo

MENSAGEM DO PRESIDENTE DO CONSELHO AUTÁRQUICO DE QUELIMANE, MANUEL DE ARAÚJO 

Foi com profunda consternação, que o Conselho Municipal da Cidade de Quelimane dos seus munícipes, da minha família e em meu nome pessoal, tomamos conhecimento do desaparecimento físico de Sua Excelência Senhor Engenheiro Daviz Simango, Presidente do Movimento Democrático de Moçambique ocorrido no dia 22 de Fevereiro de 2021, numa das Clinicas da República da África do Sul para onde fora evacuado em busca de assistência médica.

Em nome do Conselho Municipal da Cidade de Quelimane, dos seus Munícipes, da minha família e em meu nome próprio, endereçamos as mais sentidas condolências à família enlutada, a todos os membros do MDM espalhados por todas as Províncias, Distritos, Postos Administrativos, Localidades, Regulados e Povoados de Moçambique e na diáspora.

Sua Excelência Senhor Presidente Daviz Simango foi homem de dimensão universal, é património de todos os Moçambicanos independentemente das suas matrizes políticas, origem étnica e crença religiosa.

A sua valentia, coragem, bravura, determinação e firmeza, na luta pela democracia, pela dignidade humana e na busca incessante do bem-estar de todo o povo Moçambicano em geral e da Beira em particular como Presidente do MDM e do Município da Beira respectivamente, cuja missão está em marcha no contínuo acompanhamento de todos os Moçambicanos, nos caminhos da denúncia do mistério do mal, da exclusão social, política, económica que desde 1975 os Moçambicanos têm sido sujeitos. O Presidente Daviz Simango, serviu a pátria com amor e dedicação e é o arauto do anúncio do caminho da concórdia, da inclusão, do Amor e da Paz. Foi um homem destemido, indomável e nunca cedeu ao medo.

Os Munícipes da Cidade de Quelimane curvam-se para pagar tributo e prestar homenagem a esta frondosa árvore, a este embondeiro cujo nome foi escrito com as letras de ouro e tinta indelével, estamos a falar de Sua Excelência Presidente do MDM Daviz Simango, por tudo quanto fez em prol do desenvolvimento, prosperidade, florescimento, progresso social e económico deste martirizado e humilhado povo de Moçambique.

Daviz Simango, lutou tenazmente para a instauração da democracia em Moçambique e sempre preocupou-se pelo acesso ao pão para todo o povo. Testemunha isso, a sua vida e obra quando abdica de todas as mordomias e aceita servir os Munícipes da Beira. Viveu e corporizou na sua pele e na sua carne a dor e o sofrimento do povo Moçambicano vítima de exclusão social, política e económica. Viveu mais próximo do povo e com o povo que estava a servir.

Daviz Simango, faz parte de poucos Moçambicanos comprometidos pelo bem comum, pela boa qualidade de vida, pelo progresso e pelo desenvolvimento harmonioso dos Moçambicanos.

O Presidente Daviz Simango, é o mártir da Liberdade, o mártir da democracia, o mártir da prosperidade e o mártir da dignidade humana.

MORREU DAVIZ SIMANGO.

MAS NÃO MORREU A CAUSA POR QUE LUTOU E SE BATEU.

Nesta hora do adeus, queremos de forma inequívoca, sublinhar que tudo faremos para imortalizar, perpetuar e eternizar a sua visão, os seus ideais, os seus feitos e os seus ensinamentos.

Até sempre, Sua Excelência Presidente Daviz Simango.

A sua alma descanse em paz.

 

Muito obrigado

Quelimane, aos 22 de Fevereiro de 2021

Daviz Simango - “Daviz Simango serviu a pátria com amor e dedicação” – Manuel de Araújo
Notícia Anterior

Morreu Daviz Simango, líder do MDM e edil da Beira

Grafite Mocambique - “Daviz Simango serviu a pátria com amor e dedicação” – Manuel de Araújo
Próxima Notícia

Mina de grafite retoma actividade no norte de Moçambique

Recente dePOLITICA

Translate »
WhatsApp chat