BCI Quelimane  - COVID-19: Clientes de bancos formam longas filas sem observar medidas de segurança em Quelimane

COVID-19: Clientes de bancos formam longas filas sem observar medidas de segurança em Quelimane

/

Com a vigência do decreto presidencial que determina o estado de calamidade pública no País no contexto do novo coronavírus, uma serie de limitações aos direitos, liberdades e garantias ficaram afectadas como mecanismo proteccionista do Estado contra a propagação da doença no território nacional. Entre as decisões constantes do documento, é obrigatório o espançamento de pelo menos 2 metros de distância de modo a evitar contacto físico entre as pessoas, para além da obrigatoriedade de lavagem das mãos entre outros cuidados que vem sendo anunciados pelo Ministério da Saúde.

Sob olhar impávido e sereno das Autoridades na capital provincial da Zambézia, Quelimane, verifica-se um aglomerado incomum nas entradas das agencias bancarias com destaque para as pertencentes aos Bancos Millennium BIM e o Banco Comercial e de Investimentos – BCI.

No centro da urbe mesmo com o documento que determina que as instituições bancárias devem criar condições para evitar a propagação da doença, muitas pessoas aguardavam na manha desta quinta (04) atendimento sem o equipamento de protecção e sem o distanciamento físico recomendado.

O Comando da Policia da Republica de Moçambique na Zambézia através do chefe da secção de Relações Públicas, Miguel Caetano falando à  Rádio Moçambique disse que “quase em todas as agências bancarias temos agentes em posições tácticas, com vista a sensibilizar as pessoas, isto em coordenação com a gerência dos próprios bancos. As pessoas acabam sendo renitentes pela pressa que tem de resolver os seus compromissos acabam sempre empilhados na porta”.

Default thumbnail
Notícia Anterior

DIA DOS HERÓIS NA ZAMBÉZIA: Governantes preocupados com sucessivos ataques armados em Cabo Delgado

Portugal - COVID-19: Clientes de bancos formam longas filas sem observar medidas de segurança em Quelimane
Próxima Notícia

Portugal disponibiliza 90 mil euros para apoiar Organização das Nações Unidas no combate ao crime organizado em Moçambique

Recente deCOVID-19

Translate »
WhatsApp chat