Edicao foto EDM - EDM corta o acesso à energia e deixa os residentes de Mazuere ás escuras

EDM corta o acesso à energia e deixa os residentes de Mazuere ás escuras

/

A população de Ma­zuere, localidade sede de Maquival, distrito de Quelimane soma mais uma se­mana sem a corrente elétrica devido ao corte feito ela Elet­ricidade de Moçambique, re­sultado da ligação ilegal e fal­ta de postes aceitáveis para a ligação dos cabos de energia.
Segundo contaram alguns residentes daquela unidade residencial, a EDM deslocou-se ao local no dia 13 do cor­rente mês afim de supervi­sionar a ligação de energia devido a várias queixas sobre o fornecimento debilitado da correte elétrica em diversas residências.
No local a Eletricidade de Moçambique deu conta que o problema emergia devido à algumas ligações ilegais en­gendradas por alguns resi­dentes do bairro, associado ao uso de estacas e árvores como postes de ligação dos cabos de fornecimento de energia. Entretanto, Wafero Mauricio um dos residentes daquele bairro disse que a ligação da corrente elétrica foi autori­zada e feita pelos agentes da EDM, e questiona a atitude dos mesmos na restrição so­mente nesta parte do ano.
“Os homens da EDM justi­ficaram que há pessoas que estavam a roubar energia, logo foi decidido que deviam cortar a energia nas casas destas pessoas, meia volta os mesmos técnicos mudaram de ideias, dizendo que iriam remover os cabos de energia, alegadamente porque não temos postes e até a data de hoje não tivemos solução do problema”, explicou.
O nosso entrevistado acusou os agentes da Eletricidade de Moçambique que responde por aquela unidade residen­cial, de fazerem cobranças ilícitas para responderem ás necessidades daquela popu­lação e caso os seus pedidos não sejam atendidos, deixam por esquecidos aqueles resi­dentes.
“A energia aqui em Mazuere eu vejo com muitas dificul­dades, EDM que temos em Zalala, quando você liga para eles enquanto tem problemas em casa, respondem que não tem valor para transporte, dizem eles para a pessoa pro­curar combustível ou dinhei­ro, mandar para eles e só de­pois é que eles vêm resolver o problema existente”, disse.
Os residentes questionam se o acesso a uma linha de en­ergia ou a disponibilidade de uma equipa da Electricidade de Moçambique para a insta­lação nas suas residências é pagável?
A nossa fonte contou ainda que antes mesmo do corte da corrente elétrica permanente, o fornecimento da energia em Mazuere, já era deficiente e apontam a capacidade do Pos­to de Transformação como o principal motivo.
“A energia durante o dia era fraca e por volta das 17 horas devido a maior aderência das pessoas ao uso da energia, a corrente não suportava e desligava até por volta das 22 horas da noite, mas também muito fraca”.
A nossa equipa de reporta­gem ficou a saber através da população que os técnicos da EDM ao cortarem o acesso da corrente elétrica em Mazuere, prometeram criar condições de fornecer novos postes, mas quando contatados na última segunda-feira (16) os mesmos alegaram não haverem postes para a instalação dos cabos de transporte de energia.
Os munícipes de Muzuere prometem deslocar-se a sede provincial da EDM em Queli­mane, para intender melhor a situação caso a PIQUET dis­trital não solucionar logo este problema que segundo aquele grupo, partiu da própria enti­dade.

Casa de Cultura - EDM corta o acesso à energia e deixa os residentes de Mazuere ás escuras
Notícia Anterior

Primeira fase da reabilitação da Casa de Cultura da Zambézia vai custar 5 milhões de meticais

Igreja Universal - EDM corta o acesso à energia e deixa os residentes de Mazuere ás escuras
Próxima Notícia

Igreja Universal desafia o Governo a melhorar as condições dos transportes públicos

Recente deDESTAQUES

Translate »
WhatsApp chat