UAJONDA - Vereador acusa munícipes de retardarem o desenvolvimento da cidade de Quelimane

Vereador acusa munícipes de retardarem o desenvolvimento da cidade de Quelimane

em ECONOMIA E NEGÓCIOS por

O Vereador para Área de Saneamento, Jardim, Cemitério e Meio Ambiente queixou-se este domingo (12) que a maior parte dos munícipes são eles que não ajudam com a boa imagem da Cidade de Quelimane por não cumprirem com aquilo que são os seus deveres no que diz respeito aos impostos.

Segundo Helder Uajonda em uma entrevista feita pelo Jornal Txopela afirmou que os munícipes desta circunscrição geográfica a maioria não pagam impostos, como por exemplo: predial autárquico, pessoal entre outros contributos que ajudariam ao Conselho Municipal de Quelimane a custear certas actividades, digamos a manutenção de viaturas de recolha de lixo que ultimamente tem estado em contante reparações, pelo que na falta destes pagamentos o conselho municipal enfrenta grandes dificuldades financeiras.

“Na verdade os nossos Munícipes de Quelimane não pagam impostos, a falta destes pagamentos, o CMCQ nada pode fazer para resolver todos problemas da cidade porque dependemos destes valores. Quando deitam o lixo, é de qualquer maneira, quem vai recolher? Se eles não contribuem! Por isso que o lixo fica muito tempo sem ser removido por causa destes pormenores. E também pedimos aos munícipes a honrarem com o horário de depósito de lixo, porque muita das vezes depositam fora do horário estabelecido continuando a dificultar nossos trabalhos como entidades competentes. Os mesmos munícipes usam as valas de drenagem como lixeira, sempre verificamos nas diversas valas bastante lixo, troncos e colchões, animais mortos entre outros”, realçou.

Eufórico, Helder Uajonda, disse também que com este comportamento a cidade não chegará longe no que concerne ao desenvolvimento. Por tanto, pede aos cidadãos para que usem as tais valas somente para o escoamento das águas e não para outros fins nocivos ao desenvolvimento da cidade.

Leia:  Standard Bank Moçambique arrecada prémio internacional

“Queremos pedir para que os munícipes usem as valas de drenagem para os seus verdadeiros fins, não como lixeira, porque assim dificultam aquilo que é a nossa tarefa de manter a boa imagem da urbe, vamos fazer o bom uso de modo a evitarmos certas doenças como a cólera, malaria e diarreia”.

Em jeito de apelo, o Vereador para área de saneamento, jardim, cemitério, meio ambiente e mudanças climáticas, também pediu para que neste momento que tanto se fala da pandemia da COVID-19, para que todos possamos manter a higiene da província e da cidade e pessoal em particular. Deste modo, precisa-se o esforço de todos nós, uma vez que uma das medidas repetitivas pelo ministério da saúde é a higiene e o uso das máscaras.