perfil txopela - PRM desmantela quadrilha de assaltantes na Zambézia

PRM desmantela quadrilha de assaltantes na Zambézia

Três indivíduos nacionais estão a contas com a Polícia da Republica de Moçambique (PRM) na Zambézia, indiciados de assaltos a mão armada em estabelecimentos comerciais e residências, com preferência a de cidadãos de nacionalidade bengali.

A informação foi avançada nesta segunda-feira em Quelimane, pelo Porta-voz da PRM na Zambézia, Sidner Lonzo, em conferência de imprensa.

Sidner Lonzo, disse que a quadrilha realizou cerca de quatro incursões tendo-se apoderado de avultadas somas de dinheiro dos seus respetivos proprietários, onde calculado chega a contabilizar em 300 mil meticais de prejuízos.

O Porta-voz da PRM na Zambézia, disse ainda que os indivíduos tinham como centro de actuação os distritos de Lugela e Mocuba.

“É uma quadrilha composta por quatro indivíduos que se dedicam especialmente a assaltos em estabelecimentos comerciais pertencentes a indivíduos de nacionalidade estrangeira, preferencialmente bengalis”- disse.

Sidner Lonzo, conta que foi graças a colaboração entre a polícia e comunidade que foi possível recuperar uma arma de fogo e capturar os três integrantes da quadrilha, onde um até então está a monte.

Os indiciados, assumem o envolvimento no caso mas confessam ser a primeira vez que se envolvem em actos do género.

Fânias, de 32 anos de idade, um dos envolvidos no caso, conta que a sua detenção acontece um dia depois do assalto quando estes saiam de Lugela em direcção ao distrito de Mocuba.

“Nós estamos aqui porque fomos assaltar numa loja. Fomos interpelados com a polícia quando saiamos do Limbwe para Mocuba. Esta arma não é nossa. É de um nosso amigo que fugiu”- realçou.

Outro integrante que se identificou por Timóteo, conta que após realizar-se o assalto os dois integrantes da quadrilha, colocaram-se em fuga na posse de incontáveis notas de dinheiro que se apoderaram na loja.

Abandonados pelos seus comparsas, Fânias e Timóteo caminhavam a deriva, o que facilitou a sua detenção, uma vez que estes não conheciam locais estratégicos para se esconderem.

Abu, moto-taxista que transportava os dois indivíduos, nega o seu envolvimento no caso mas afirma ter transportado os mesmos como qualquer outro cliente no exercício de suas actividades.

molumbo mountain - PRM desmantela quadrilha de assaltantes na Zambézia
Notícia Anterior

Autoridades comunitárias capacitadas sobre Prevenção da COVID-19 na Zambézia

TESTE COVID - PRM desmantela quadrilha de assaltantes na Zambézia
Próxima Notícia

Covid-19: Coreia do Sul oferece 2.500 kits de testagem a Moçambique

Recente deSOCIEDADE

Translate »
WhatsApp chat