26453945 1548x1080 1 - Covid-19: Autarquia moçambicana adapta pórticos de desinfeção

Covid-19: Autarquia moçambicana adapta pórticos de desinfeção

O autarca de Chimoio, capital provincial do centro de Moçambique que estreou pórticos de desinfeção na via pública para prevenir a covid-19, vai adaptá-los para lavagem das mãos.

Médicos e outros especialistas têm alertado que o método de pulverização não é eficiente, nem aconselhável porque pode provocar irritações, dependendo do líquido dispensado, lê-se num guia de procedimentos publicado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a 15 de maio.

Na mesma linha, o ministro moçambicano da saúde, Armindo Tiago, desaconselhou a utilização da pulverização sobre pessoas, alertando eu não previne a infeção pelo novo coronavírus, pode ser prejudicial e dar uma falsa sensação de segurança.

Lavar as mãos com frequência continua a ser o melhor método e por isso o autarca de Chimoio João Ferreira anunciou na segunda-feira que os pulverizadores serão transformados em torneiras.

Os pórticos vão servir para a lavagem das mãos e desinfeção de sapatos dos munícipes.

O objetivo é “continuar a fazer prevenção” e “valorizar aquilo que nos foi dado”, referiu.

“Todos os tuneis [pórticos de desinfeção] aplicados na cidade de Chimoio foram financiados por empresários e não podemos de forma alguma deitar para o lixo aquilo que foi a rica contribuição que nos deram” disse João Ferreira em conferência de imprensa, após uma reunião extraordinária da autarquia.

Moçambique tem 209 casos de infeção pelo novo coronavírus, um morto e 71 pessoas recuperadas.

Secretario de Estado Nampula - Covid-19: Autarquia moçambicana adapta pórticos de desinfeção
Notícia Anterior

Carta aberta ao Secretário de Estado da Província de Nampula

20135035 1589x1080 1 - Covid-19: Autarquia moçambicana adapta pórticos de desinfeção
Próxima Notícia

Covid-19: Moçambique regista mais quatro casos e total sobe para 213

Recente deCOVID-19

Translate »
WhatsApp chat