vodacom 5 1024x749 1 - Vodacom tem novo Presidente do Conselho de Administração

Vodacom tem novo Presidente do Conselho de Administração

em DESTAQUES/EMPRESAS MARCAS E PESSOAS por

 Nuno Quelhas assume o cargo na presidência sucedendo a Salimo Abdula, que esteve no comando dos destinos da empresa durante três anos.

 

 

 

A Vodacom conta, desde 01 de Abril, com novo Presidente do Conselho de Administração, que assume o cargo por um período de três anos, no âmbito da rotatividade entre o grupo de accionistas da operadora de comunicações. Nuno Quelhas foi eleito em representação da Whatana Investments e o seu mandato irá prolongar-se até 31 de Março de 2023.

É a primeira vez que Quelhas assume a presidência da operadora de comunicação. Até à data da sua eleição, era membro do Conselho Directivo da empresa, o que lhe confere largos conhecimentos da casa que passa a dirigir.

Quadro bastante experiente em matéria de direcção e gestão empresarial, Quelhas quer dar continuidade aos projectos iniciados pelos seus antecessores, que têm posicionado a Vodacom como instituição inovadora e número um nos serviços de comunicação em Moçambique.

“É um grande desafio, mas ao mesmo tempo uma oportunidade única fazer parte de uma equipa multidisciplinar, com grande determinação e confiança no seu trabalho. Para já, a estratégia passa por consolidar a posição da Vodacom como uma empresa activa na sociedade moçambicana e, assim, continuar a contribuir para uma sociedade mais equitativa e sustentável. A nossa responsabilidade para com os moçambicanos é diária e é por isso que assumo e aceito com orgulho e satisfação o cargo de novo PCA”, afirmou Nuno Quelhas.

A coesão e trabalho em equipa são vectores laborais que o novo PCA pretende dar continuidade na Vodacom. “Unidos sempre somos os melhores e podemos oferecer tudo de bom aos nossos clientes e parceiros, por isso, fomos os primeiros a lançar a rede 4.5G e os primeiros a testar, com sucesso, a rede 5G em Moçambique”, ajuntou.

Leia:  Governo de Maganja da Costa investe na reabilitação de estradas

Entre os desafios do novo PCA, está a continuidade de vários projectos de índole social iniciados por Salimo Abdula.

“Pretendo dar continuidade ao trabalho desenvolvido até aqui. A Vodacom é uma das empresas responsáveis pelo crescimento económico e social de Moçambique, tornando-se cada vez mais indispensável na vida dos moçambicanos. Todo este trabalho teve o contributo de Salimo Abdula, a quem agradeço o empenho e dedicação demonstrados ao longo dos últimos três anos e aproveito para lhe desejar os maiores êxitos pessoais e profissionais”, acrescentou.

Recorde-se que, na vigência do seu mandato, Salimo Abdula imprimiu várias dinâmicas tecnológicas, mantendo a Vodacom como a principal operadora de comunicação. No seu compromisso social, o antigo PCA encabeçou várias iniciativas, destacando-se o programa “Faz Crescer”, neste momento o maior investimento social da Vodacom na área da educação. Manteve apoio à área de agricultura, através da oferta de sementes agrícolas, e à área da saúde, particularmente na mitigação da malária.

Salimo Abdula deixa a presidência da Vodacom, mas continua na instituição como membro de Conselho de Administração.