Governo concede a Irlandesa Kenmare aprovação para a construção de infraestruturas para a exploração de minérios em Pilivili

em DESTAQUES/EMPRESAS MARCAS E PESSOAS por

Subscrever noticias do Jornal Txopela

A mineira Irlandesa Kenmare Resources, que se dedica a extração de titânio e zircão em Moma, recebeu aprovação da Avaliação de Impacto Ambiental, Social e da Saúde para a construção de uma estrada para uma nova zona de exploração de minérios em Pilivili.

 

A zona de minério está localizada perto da mina de titânio da empresa, na costa nordeste de Moçambique. A Kenmare Resources recebeu a aprovação da ESHIA do Ministério da Terra, Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural em Moçambique.

A aprovação é para a construção de 23 km de extensão que inclui uma linha de energia, um gasoduto ​​e infraestruturas associadas. É a segunda das duas aprovações ambientais necessárias para o avanço do projecto, com a primeira recebida em maio último.

O diretor da Kenmare Resources, Michael Carvill, disse: “A estrada ESHIA é a segunda e última aprovação ambiental necessária para a mudança do WCP B para Pilivili. Estamos no caminho de realocar o WCP B no terceiro trimestre de 2020 e começar o comissionamento no quarto trimestre de 2020.

“A Pilivili é a zona de minério de maior teor no portfólio da Kenmare e, a partir de 2021, esperamos ter aumentado a produção “.

A Kenmare iniciou a construção da estrada a partir da área de permissão de Namalope existente durante o terceiro trimestre deste ano.

Leia:  Jurista denuncia violação da lei em Alto Molocué