Cidade da Beira vai ter uma nova estação meteorológica

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

A cidade da Beira, na província de Sofala, centro de Moçambique, vai passar a contar com uma nova estação meteorológica, orçada em cerca de 23 milhões de meticais, anunciou o Instituto Nacional de Meteorologia.

“A projetada estação supera em grande escala a anterior em termos de eficiência e em todos os sentidos porque usa tecnologia de ponta e tem todos os parâmetros meteorológicos que podemos precisar”, disse o delegado do Instituto Nacional de Metrologia (INAM) em Sofala, Achado Paiva, citado hoje pelo diário Notícias.

A nova estação meteorológica, cuja instalação começa neste mês, será capaz de monitorar ventos ciclónicos acima dos 200 quilómetros por hora, “flexibilizando a informação sobre o estado do tempo” e respondendo às necessidades atuais no que diz respeito às mudanças climáticas naquela região.

A cidade da Beira foi uma das regiões devastadas pela passagem, em março, do ciclone Idai, que provocou 604 mortos e afetou cerca de 1,5 milhões pessoas no centro do país, além, de destruir várias infraestruturas.

As antigas instalações da estação de meteorologia na cidade da Beira também foram devastadas e o INAM contabilizou um prejuízo de cerca de 2 milhões de dólares na sequência da passagem do ciclone.

Pouco tempo depois, em abril, o norte do país voltou a ser afetado por outro ciclone, o Kenneth, que causo a morte a 45 pessoas e afetou 250 mil. =Lusa

Leia:  Jornalista da Rádio Moçambique é brutalmente espancado em Quelimane