LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Zambézia: “Geração de Ouro“ como cartaz do festival de Zalala gera revolta e discórdia

em CULTURA/DESTAQUES por

Subscrever noticias do Jornal Txopela

Um cartaz publicado na semana última para a 12ª edição do festival de Zalala 2019, no qual foram destacados músicos e membros do projecto “Geração de Ouro”, criou revoltas e discórdias no seio dos artistas locais e internautas.
O facto considerado pelos artistas e amantes da música zambeziana como sendo a desvalorização da cultura local, mereceu duras críticas da Associação dos Músicos da Zambézia.
Face a situação, o Director Provincial de Cultura e Turismo da Zambézia (DPCTZ), Aly Aboobacar, afirma que tratava-se de uma medida provocatória com o objectivo de chamar atenção á Associação dos Músicos da Zambézia (AMZ) que de alguma forma se mantinha distante na organização do evento.
“Tendo em conta o acordo que a Direcção Provincial de Cultura e Turismo tem com a Associação dos Músicos da Zambézia, entramos em contacto prévio com a mesma ao qual aguardava-se por uma resposta mais rápida, mais porque faltavam quinze dias para o evento e a AMZ não se pronunciava, nós tínhamos que fazer uma chamada de atenção. Lançamos a publicidade com a Geração de Ouro de forma a provocativa”- explicou.
Aly Aboobacar, disse que a medida provocatória, mereceu a atenção da Associação dos Músicos da Zambézia que de imediato pronunciou-se.
A 12ª edição do Festival de Zalala que vai decorrer nos dias 29 a 30 de Novembro do ano em curso, conta com a produção da Evolution Eventos e Mosaik Live Comunication, onde são esperas cerca de 45 mil espectadores nacionais e internacionais.

Leia:  RENAMO já canta vitória em Namacura
Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat