Sanzala Txopela - Jamais voltaremos as sanzalas

Jamais voltaremos as sanzalas

Martelo bateu a Cambota e levou com Ele todo o medo…

Martelo correu ao Oeste e choveu escuridão…

A família latiu pensando que não haveria vingança

Parou todo bairro e ficaram apenas os olhos girando a esquerda e a direita

Não lutamos antes por gasolina…

Nem lutamos por rubi…

Martelo tinha uma imagem…

A mesma dos nossos ancestrais

A mesma dos nossos deuses…

Crivou sal e poeira vida fora…

Cantava olhando na estrada da vida

Aquela que deu destino a nossa paz…

Éramos pobres e dançávamos felizes…

 

Circuitos de pobres não dura pra manter…

Os pretos do mano Martelo têm ódio

Sorriem porque têm droga nas suas decisões…

Nós por Ele…

Cantaremos sorte e não nos importa que haja luto

Perdemos tudo até a própria perca…

Não somos nada…

Mas por Martelo a gente luta…

Nosso Martelo…

Nossa vingança

PNUD FOTO 1 scaled - Jamais voltaremos as sanzalas
Notícia Anterior

Governo e PNUD realizam Revisão Nacional Voluntária em Moçambique

judas - Jamais voltaremos as sanzalas
Próxima Notícia

Judas também era Santo!

Recente dePOEMAS DE BELCIO MAHOHO

Batuque de Lamas!!

O velho acordou e dobrou seu cachimbo… Farlai ficou entre lagrimas e fumo dos deuses… Nossas

Deus de África!!

  Também é branco por isso as vezes o achamos estrangeiro Manipula a nossa mente e

Translate »
WhatsApp chat