LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Disparam números de casos de diarreias em Quelimane

em DESTAQUES/SAÚDE por

Num período menos favorável para o aparecimento de doenças diarreicas na cidade de Quelimane e no país, devido a vaga de calor que se verifica nos últimos dias em quase todas a cidades moçambicanas, a cidade de Quelimane regista vários casos de diarreia nas últimas semanas
Serviços de Urgências do Hospital Geral de Quelimane, registou 15 casos de diarreias, todos vindos do bairro Inhangome, facto que preocupa as autoridades de saúde nesta circunscrição geográfica.
Os dados foram revelados nesta segunda-feira (04) em Quelimane, pelo responsável dos Serviços de Urgências do Hospital Geral de Quelimane, Gito Calisto, em conferência de imprensa.
Gito Calisto, avança que dos 15 pacientes entrados com diarreias naquele sector, receberam tratamentos e foram transferidos para o Centro de Tratamento de Doenças Diarreicas para melhor terapia.
Questionado se trata-se de indicativo de cólera, Gito Calisto, afirma que estudos continuam no sector de laboratório com o objectivo de minimizar os casos de doenças diarreicas e descobrir a veracidade dos factos.
“Registamos 15 casos de doenças diarreicas e todos vindos do bairro Inhangome. É uma situação que preocupa a entidade de saúde, uma vez que estamos no período de verão”-lamentou.
O Chefe dos Serviços de Urgências do Hospital Geral de Quelimane, aventa a hipótese de tratar-se do meio ambiente que os rodeia e fraco saneamento naquele bairro, motivo que pode estar por de trás da eclosão de doenças diarreicas.
Face a situação, a Direcção Provincial de Saúde na Zambézia junto os Serviços Distritais de Saúde, Mulher e Acção Social de Quelimane, alocaram uma equipa mista naquele bairro com o intuito de amenizar a situação.

Leia:  ZAMBÉZIA: Mortes na ponte sobre o rio Ivagalane com dias contados
Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat