LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Detidos 6 supostos membros da Junta Militar da RENAMO na Zambézia

em DESTAQUES/POLITICA por

Subscrever noticias do Jornal Txopela

A Policia da Republica de Moçambique na Zambézia, apresentou um total de seis indivíduos indiciados de estarem a recrutar jovens para se filiarem á auto-proclamada Junta Militar e criar bases de ataques contra civis e as Forças de Defesa e Segurança na Zambézia.
Os indiciados assumem o seu envolvimento no caso e contam que seguiam ordens do Presidente da auto-proclamada Junta Militar, Mariano Nhongo e outros membros de renome dentro do partido RENAMO.
De entre os nomes mencionados como mandantes no processo de recrutamento de jovens para protagonizar ataques, está Manuel Bissopo, Ivone Soares, Elias Dlakhama e outros deputados da Assembleia da República de Moçambique pertencentes ao partido RENAMO.

Leia:  LINHA FÉRREA MOATIZE-MACUSE: 68 famílias serão reassentadas em Quelimane
Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat