15 de Outubro: Lua de mel da ONP e PRM

em DESTAQUES/OPINIÃO por

Subscrever noticias do Jornal Txopela

Este dia, deste mês, de 2019, ficará na história do País, pois, os professores e polícias, classes altamente marginalizadas, se uniram para garantir a maior fraude eleitoral da história de Moçambique.

 

Triste 15 de Outubro, onde os que foram marginalizados, desprezados, esquecidos durante 4 décadas, se uniram para executar um plano fraudulento dos seus próprios opressores.

 

A situação assemelha-se a tal teoria do síndroma de Estocolmo, em que a vítima de opressão e maus tratos, ganha afeição, se apaixona pelo agressor.

 

Frelimo maltratou-vos, mas vocês declaram amor a mesma e em nome desse amor, cometem o genocídio de todo um povo. Ressalve-se que “amor” neste caso, se resume a umas míseras migalhas que certamente já foram consumidas num único fim de semana. Vocês foram mercenários. Piores que os russos que fugiram de Cabo Delgado.

 

E agora irmãos!!!! estão de volta aos postos de trabalho. Que mudou em vossas chicoteadas e maltratadas vidas? Não conseguem responder. Estão calados…..

Leia:  40 Crianças envolvidas no processo de planeamento urbano