LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

QUELIMANE: Reina um silêncio total

em DESTAQUES/ELEIÇÕES GERAIS DE 2019/POLITICA por

Apesar da vitória do partido Frelimo na Província da Zambézia já ter sido confirmada nesta segunda-feira (21) pela Comissão Provincial de Eleições, não houve até então o habitual festejo dos vencedores ou manifestações por parte da oposição.

Na cidade de Quelimane, em particular, reina um total silêncio, situação que deixa alguns residentes preocupados, por se tratar de um caso pouco habitual nesta circunscrição geográfica.

Mário José residente do bairro Coalane, um dos pontos identificados como críticos em momentos de realização das eleições, no que tange à confrontos de populares contra a policia, disse “onde eu vivo não vi nenhum movimento de festejo da Frelimo e a Renamo também esta muito calmo, isso nunca aconteceu aqui na cidade, uma vez que houveram muitos ilícitos divulgados”, disse.

Outra residente interpelada pela nossa equipe de reportagem foi Antónia Rebelo, esta que demonstrou um anseio face ao silêncio dos partidos e teme a ocorrência de um possível confronto político militar.

“Já venceram e não festejam, o maior partido da oposição (Renamo) não se pronuncia, só o MDM é que aparece a negar os resultados, afinal o que esta acontecer  e o que vai acontecer?”, questionou Antónia Rebelo.

Entretanto, o mandatário do partido Frelimo na Zambézia, António Molde, afirmou que já estavam preparados para vitória porque o partido esteve muito organizado ao longo da campanha e agora aguardam pela festa.

António Molde terminou dizendo que “se a oposição acha que ouve fraude, tem onde apresentar a sua reclamação, pois são livres de o fazer”.

Leia:  “CHUPA SANGUE” Boato cria terror em Quelimane
Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat