LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Membros do MDM assassinados em Milange

em DESTAQUES/ELEIÇÕES GERAIS DE 2019/POLITICA por

Desconhecidos assassinaram um casal, por sinal membros do Movimento Democrático de Moçambique, no sábado findo (07) na localidade de Nhazombe, distrito de Milange, província central da Zambézia.
A informação foi avançada nesta segunda-feira (09) em Quelimane, pelo porta-voz provincial do Movimento Democrático de Moçambique, Victorino Francisco, em conferência de imprensa.
Trata-se de Machiço Tonhiua e Elisa Merico, que teriam encontrado a morte na sua residência.
Victorino Francisco, acredita que o acto macabro tem a ver com motivações políticas, devido as advertências que as vitimas recebiam, por se beneficiar do subsídio no Instituto Nacional de Acção Social.
“O que se dizia era: vocês estão a receber dinheiro da FRELIMO! Porque sendo vocês beneficiários deste subsídio vão militar para um partido que não é a FRELIMO? Então vocês são traidores”- contou Victorino Francisco, apelando o não uso dos bens do estado para beneficiar o partido no poder.

Leia:  Membros da RENAMO boicotam sessão da Assembleia Autárquica de Quelimane
Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat