LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Detido suposto membro da FRELIMO acusado de espancar membro da RENAMO em Derre

em DESTAQUES/POLITICA por

Está a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM), em Morrumbala, um dos suposto membro da FRELIMO, cujo a identidade não nos foi revelada, acusado de espancar um professor e sua esposa, por sinal membros da RENAMO, na noite de quinta-feira em sua residência.
O facto foi tornado público neste sábado (07) em Quelimane, pelo cabeça-de-lista à Governador da província da Zambézia pelo partido RENAMO, Manuel de Araújo, em entrevista a jornalistas.
“Um dos indivíduos que perpetrou o assalto ao jovem, professor Aristides, encontra-se neste momento detido em Morrumbala. Ontem estivemos em Morrumbala, fomos a Procuradoria Distrital e a Polícia da República de Moçambique para nos inteirarmos sobre os passos que as autoridades estavam a tomar para que aspectos como estes não voltem a acontecer neste solo zambeziano”-disse Manuel de Araújo.
Refira-se que, a vítima, teria apoiado a comitiva da RENAMO, durante a campanha política eleitoral, liderada pelo cabeça-de-lista à Governador da província da Zambézia pelo partido RENAMO, Manuel de Araújo e Assessor Particular do Presidente da RENAMO, Venâncio Mondlane.
Na noite do mesmo dia após apoiar a comitiva, desconhecidos que se presume estarem ligados ao partido FRELIMO, introduziram-se dentro da sua residência e por meio de instrumentos contundentes espancaram brutalmente o padecente junto sua esposa, que se encontram a receber cuidados médicos no Hospital Central de Quelimane.

Leia:  Inácio Reis acusa a FRELIMO de desvio de votos na Zambézia
Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat