LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Comerciantes clamam pela construção de um novo mercado

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

Os comerciantes do mercado Sicóco em Quelimane clamam pela intervenção do Conselho Autárquico para construção de um novo mercado que possa albergar todos os negociantes daquele centro comercial.

O mercado localizado ao longo da estrada nacional n°7 na Av. Da liberdade, em Quelimane, vem se destacando pela enchente de vendedores que acabam usando as bermas daquela rodovia para comercializar seus produtos, colocando em risco a própria vida e daqueles que se fazem ao mercado de forma a adquirir algum bem.

Com mais de 5 anos no mercado, César Manuel conta ao Jornal Txopela e Rádio Chuabo nesta segunda-feira (05) que os comerciantes locais já dialogaram diversas vezes com o conselho municipal, porém sem sucesso até então.
“Há tempos antraz, mediam em parcelas para cada vendedor exercer as suas atividades dentro do mercado. Mas com a enchente de vendedores nus apercebemos dos riscos que corríamos ao vender neste local e pedimos ao município para providenciar um novo mercado e eles falaram que poderiam mudar o mercado para um outro lugar. Mas até então nada se fez ”- conta.

“O nosso mercado é pequeno e não cabe todos negociantes neste caso gostaria que o município arranjasse um espaço maior para todos”, queixou-se Antônia Afane outra comerciante, sobre a extensão do mercado Sicóco.
Os comerciantes daquele mercado afirmando que não havendo alternativas caso o conselho autárquico não colmatar o problema enfrentado pelo mercado, continuaram a revender seus produtos no mesmo lugar.

Leia:  Governo quer controlar a circulação de recursos naturais
Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat