6 membros da Renamo em Pinda espancados pela PRM

em DESTAQUES/POLITICA por

Um total de 6 membros da Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO) foram violentamente agredidos domingo último (11) na localidade de Pinda, distrito de Morrumbala, provincial central da Zambézia.

Os simpatizantes e membros da Renamo agredidos faziam parte de uma comitiva de recepção da delegação politica provincial daquela formação politica, e do seu candidato a governador da província da Zambézia, Manuel de Araújo.

“Fomos agredidos por policias da República de Moçambique e policias comunitárias por ordens directas do comandante distrital da PRM” – narra o delegado do partido no posto administrativo de Pinda, João Tolemone para depois acrescer “após a assinatura do acordo de paz a alguns dias, continuamos a verificar situações de intolerância politica por parte da Frelimo”.

Ao Jornal Txopela a Renamo na Zambézia refere que já tomou dianteira no assunto, explicando que os agressores são identificáveis e por essa via a organização politica vai agir através dos órgãos da administração da justiça prometendo levantar um processo nos próximos dias contra os agentes da ordem e segurança publicas envolvidos nas escaramuças de domingo último.

 

O Jornal Txopela empreendeu varias acções no sentido de ouvir a versão da policia distrital sobre o incidente, sem sucesso.

Leia:  “Há presidentes dos municípios que estão todo momento fora das suas cidades” — Paulino Lenço