PRM em Molocué declina prestar declarações à imprensa sobre o “caso Txetxema”

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

O Comando distrital da Polícia da República de Moçambique, no distrito de Alto Molocué recusou prestar declarações aos órgãos de comunicação social na manhã desta quarta-feira (10) sobre o caso do membro da Assembleia Municipal local, que sofreu agressões físicas por desconhecidos ainda a monte.

O caso teve lugar no pretérito dia 05 de julho, onde um grupo de indivíduos com recurso a instrumentos contundentes e electrocução, mutilaram o membro do MDM nesta circunscrição geográfica.

O Jornal Txopela contou a história nesta sequência, acompanhe:

Molocué: Presidente da Assembleia Municipal adia 3 sessão ordinária por SMS
Alto Molocué: Oposição pode deixar cair executivo municipal amanhã  
Manuel de Araújo “indignado” pela tentativa de assassinato do membro do MDM em Molocué  
Membro do MDM espancado em Molocué revela que sofreu tentativas de suborno da Frelimo
Leia:  Nyusi: Um presidente insensível