Para receber Pio Matos no Aeroporto: Frelimo mandou encerrar instituições de ensino em Quelimane

em DESTAQUES/ELEIÇÕES GERAIS DE 2019 por

Numa ordem emitida por Rijobe Bombino Director dos Serviços Distritais de Educação Juventude e Tecnologia de Quelimane, membro sénior do partido FRELIMO e que actualmente chefia a bancada do cinquentenário na Assembleia Autárquica de Quelimane. Convocou às direcções das Escolas, professores e seus respectivos alunos a afluírem massivamente ontem [25 de Julho de 2019] ao Aeroporto de Quelimane para a recepçao de Pio Augusto Matos, cabeça de lista do Partido FRELIMO à governador da província central da Zambézia.

Após a recepção da denúncia nas primeiras horas desta quinta-feira (25) [antes da hora do evento no aeroporto] o Jornal Txopela contactou telefonicamente Rijone Bombino para esclarecimentos sobre o assunto e o visado foi categórico “não é verdade que houve instruções para não haver aulas a tarde, foi um mal-entendido. As aulas decorrerão normalmente”.

Entretanto, na hora programada para a recepção de Pio Matos no Aeroporto de Quelimane, os repórteres do Jornal Txopela fizeram uma ronda pelas principais Escolas Secundarias de Quelimane e o cenário era desolador: Escola Secundaria Geral de Coalane, Escola Secundaria Eduardo Mondlane, Escola Primaria 17 de Setembro, Escola Secundaria de Sangariveira, Escola Secundaria de Namuinho, Escola Primaria Mártires de Inhassunge, Escolas de Cololo, Sampene  e o Instituto de Formação de Professores- IFP estavam as moscas.

“Outros saíram a pé sozinhos para lá, outros foram carregados de machibombos para lá, eu não fui porque não concordo, mas sei que serei sancionado pelo meu director de turma” = lamenta um estudante da Escola Secundaria de Namuinho que solicita anonimato a seguir por temer represálias.

O Jornal Txopela publica algumas fotografias registadas pela sua equipe de reportagem, veja:

Leia:  Aly Aboo Bacar nomeado director da Cultura e Turismo da Zambézia