Nyusi saúda FDS pelo empenho no combate aos insurgentes armados em Cabo Delgado

em DESTAQUES/PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA por

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi dirigiu em Nhamatanda, na Escola de Sargentos da Polícia “Tenente General Oswaldo Assael Tazama” a cerimónia de patenteamento de dois Oficiais Generais e de encerramento do II Curso de Sargentos da Polícia.

No seu discurso saudou as Forças de Defesa e Segurança pelo seu empenho no combate aos insurgentes na província de Cabo-Delgado. De igual modo reconheceu o papel das comunidades nas zonas afectadas que tem colaborado com as autoridades “facto que está a contribuir na diminuição de manobras destes inimigos dos moçambicanos.

Aos malfeitores lançou uma vigorosa advertência para pararem com as suas acções macabras que só contribuem para o atraso do desenvolvimento. Segundo o Chefe do Estado, os moçambicanos já se aperceberam das intenções maléficas dos insurgentes, por isso nunca irão vergar”.

Na ocasião, o estadista moçambicano, pediu aos graduados para contribuírem na estabilidade do país com destaque na província de Cabo-Delgado.

O Presidente Nyusi pediu ainda aos graduados para alinharem os conhecimentos adquiridos e a prática no sentido de contribuírem na manutenção da ordem e segurança públicas mediante os desafios actuais do país.

O Chefe do Estado moçambicano, pediu ainda a polícia, de uma forma geral a garantir a realização de eleições num clima de paz.

De acordo com o Presidente Nyusi, “as eleições constituem um momento ímpar para a manifestação da nossa moçambicanidade, exaltação e consolidação da unidade nacional condição indispensável para a construção de um Moçambique democrático unitário próspero e indivisível. Neste contexto a polícia mais uma vez é chamada a contribuir para que as sextas eleições gerais sejam um momento de verdadeira festa nacional num clima de paz e ordem pública”.

Leia:  Partidos da esquerda em Moçambique organizam marcha contra a divida publica