LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Munícipes agastados com a EDM em Milange

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

Os munícipes da Vila de Milange, província central da Zambézia, dizem estar agastados com a Electricidade de Moçambique naquela circunscrição geográfica que nada faz para melhorar a qualidade de energia fornecida, aliado a cortes frequentes.
Em entrevista ao Semanário Txopela, munícipes que decidiram falar em anonimato clamam pela resolução imediata do problema que continua a lesar muitas famílias sob olhar impávido da instituição.
“A energia não tem qualidade, há cortes frequentes e por causa disso, chegamos de perder os electrodomésticos. Nos últimos dias, intensifica-se a campanha de instalação dos contadores pré-pagos, vulgarmente conhecidos por credelec, mas a EDM não se dá o trabalho de explicar aos clientes, o passo a seguir”- afirmam em unanimidade.
Além da má qualidade da energia fornecida pela Electricidade de Moçambique em Milange, clamam pelo aviso prévio na restrição da corrente eléctrica, até a emissão tardia das facturas.
“O mais caricato nisso tudo, é que as dívidas dos clientes, são propositadamente acumuladas pela EDM uma vez que a mesma, fica dois até três meses, sem emitir as respectivas facturas. Coisa para dizer, que muitas famílias ficaram as escuras por um bom tempo”- afirmam os clientes.

Leia:  Milange: Felisberto Mvua eleito cabeça de lista da Frelimo
Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat