Membro do MDM espancado em Molocué revela que sofreu tentativas de suborno da Frelimo

em DESTAQUES/POLITICA por

André Txetxema, vice-presidente da Assembleia Autárquica da Vila de Alto Molocué, e membro do Movimento Democrático de Moçambique, revela que sofreu tentativas de suborno por parte do partido Frelimo para estar ao seu favor na votação do plano de actividades e orçamento da autarquia, o facto de ter recusado valeu-lhe a intervenção militar que visava tirar-lhe a vida.

Decorre hoje (quarta-feira, 10 de julho) a votação do documento que deverá viabilizar a governação do partido Frelimo na Autarquia, sendo reprovado, segundo a lei, estará aberta a possibilidade de realização de novas eleições nesta circunscrição geográfica.

Ouça a entrevista com André Txetxema aqui:

Leia:  Dirigentes de Gilé “refugiados” nas matas