“Edil de Molocué está a dirigir o município de forma ilegal”

em DESTAQUES/POLITICA por

A Renamo na Zambézia através do seu cabeça lista ao cargo de governador da província, Manuel de Araújo considera que o Presidente do Conselho Autárquico da Vila de Alto Molocué, está a dirigir a municipalidade de forma ilegal “porque ele adiou uma sessão [da assembleia] que iria decidir sobre assuntos fundamentais de governação desta autarquia de forma ilegal. Portanto se a sessão tivesse lugar hoje [quarta-feira, 10 de julho de 2019] ele perdia o seu mandato”.

Araújo refere que o executivo daquela autarquia em complô com outras “instituições partidarizadas” com destaque para os órgãos de administração da justiça e administração local de intentarem acções para subverter o Estado de direito democrático.

O político apela para uma acção enérgica dos órgãos de administração estatal ao nível provincial e nacional para “reporem a ordem, dado que considera o adiamento da sessão por SMS “uma ilegalidade”.

Considera que o actual executivo da Vila de Alto Molocué está a dirigir o Conselho Autárquico de Alto Molocué.

Leia:  Morreu o líder da RENAMO