LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Governo do Distrito de Mulevala “invade” estacão de Rádio

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

O Governo do Distrito de Muleva “invadiu” as instalações da Rádio Comunitária do mesmo nome, que esta em processo de instalação de equipamentos para o seu funcionamento, o que deixa indignada a população daquela circunscrição geográfica.

O facto é que, o Governo distrital de Mulevala, usa provisoriamente as instalações da Rádio Comunitária de Mulevala como instalações do Registo e Notariado, Direcção Fiscal e outros fins do seu interesse, motivo que coloca em total inercia o processo de acabamento do órgão de comunicação social.

O grito de socorro foi lançado esta quinta-feira (26) pela população daquele distrito, que dizem estar agastados com a situação, uma vez que aguardam pela conclusão da Rádio a bastante tempo, por constituir um bem público ao serviço da comunidade.

Horácio Gabriel, residente em Mahele, distrito de Mulevala, em entrevista ao Jornal Txopela, lamentou o facto de o Governo local estar a usar aquela instalação para outros fins, dado que a infra-estrutura estava destinada para o funcionamento de uma Radio Comunitária.

“Aquela casa foi construída para funcionar a Rádio Comunitária de Mulevala mas, desde que foi feita, nunca ouvimos nem sequer um dia a tocar. E ultimamente estamos a ver a funcionar o registo notariado e outros departamentos do governo. Eles esqueceram que a rádio resultou das contribuições das nossas mãos, nós como população” – realçou.

Por seu turno, a Administradora do Distrito de Mulevala Adelina Tiroso, reconhece a acção contraria para qual era destinada a infra-estrutura, mas sustenta que a iniciativa visa contribuir para o desenvolvimento do distrito.

“É do nosso conhecimento que nas instalações da Radio estão a funcionar outros Serviços, mas, as pessoas não podem esquecer que quem construiu a Rádio é o Governo para a população de Mulevala, e essa população precisa de outros serviços” -justificou.

Leia:  “Estamos a espera receber autocarros para o transporte público em Quelimane”

Contudo, Adelina Tiroso, garante que a Rádio vai funcionar ainda este ano, assim que as condições forem criadas, para servir com qualidade à população residente em Mulevala e outros distritos circunvizinhos.

Translate »
Ir para topo