BAD vai desembolsar 100 milhões de USD para à reconstrução pós IDAI

BAD vai desembolsar 100 milhões de USD para à reconstrução pós IDAI

em ECONOMIA E NEGÓCIOS por

O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, recebeu, na Presidência da República, uma delegação de alto nível do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), encabeçada pelo respectivo Vice- Presidente, Mateus Magala, para além Kapil Kapoor, Director Geral para África Austral; Pietro Toigo, Representante residente em Moçambique, e, Eugénio Paulo Maria, Assessor do Director para Moçambique, Zimbabwe e Angola.

Dirigindo-se à imprensa, logo após a audiência, o Vice-Presidente, Mateus Magala disse que o BAD vai desembolsar um total de 100 milhões de dólares para a reconstrução pós-IDAI, salientado como prioridade a reabilitação e a construção de infraestruturas, com enfoque para o Corredor da Beira que é de âmbito regional, servindo países da hinterland.

“Nós gostaríamos de modernizar este corredor para ser mais resiliente e dinamizar as actividades económicas da região sem pressão do clima ou de qualquer outro constrangimento, tendo em conta que este corredor é de carácter regional”, disse o Vice-Presidente do BAD.

Segundo Magala, os 100 milhões serão investidos em toda região afectada, como Moçambique, mas também no Zimbabwe e no Malawi, porém com mais enfoque para Moçambique, uma vez que este foi o país mais afectado, e cujas infraestruturas mais sofreram o impacto do ciclone.

“Moçambique foi o centro da manifestação do ciclone, mas também temos Zimbabwe e Malawi que foram afectados, por isso vamos ter uma abordagem regional para podermos mobilizar mais recursos para a reconstrução e modernização das infraestruturas, com mais enfoque para Moçambique que foi mais afectado”, informou o Vice-Presidente do BAD.

Segundo o Vice-Presidente do BAD, em apoio directo, o BAD disponibilizou 1, 7 milhões de dólares para Moçambique, que é feito a título de donativo para actividades de apoio imediato de emergência, e para satisfazer necessidades imediatas das populações afectadas.

Leia:  Governo tenciona regularizar o Garimpo

O Governo de Moçambique aprovou um Programa de Recuperação Pós-Calamidades, em Conselho de Ministros Alargado realizado no dia 02 de Abril de 2019, que visa a reconstrução das zonas afectadas pelo ciclone IDAI, com destaque para infraestruturas socioeconómicas.