Atraso no pagamento de salários aos funcionários do CAQ gera indignação

em DESTAQUES/ECONOMIA E NEGÓCIOS por

Administração do Conselho Autárquico de Quelimane, culpabiliza à Direcção Provincial de Economia e Finanças da Zambézia.

Os funcionários do Conselho Autárquico de Quelimane (CAQ), mostram-se agastados com a morosidade no pagamento dos seus salários referentes ao mês de Março que ainda não foram desembolsados para as contas dos mais de 700 colaboradores da Autarquia.

O facto tem vindo a suscitar desordens e sabotagens na execução normal das actividades nos diversos serviços municipais. O Jornal Txopela apurou de fontes do Conselho Autárquico de Quelimane, que à falta de pagamentos dos ordenados, deve-se ao atraso na transferência do Fundo de Compensação Autárquica (FCA) por parte da Direcção Provincial da Economia e Finanças. Um documento colocado a circular pela Vereação de Administração e Finanças do Conselho reforça este depoimento.

“o departamento de administração comunica que se verifica atraso na transferência do Fundo de Compensação Autárquica” e acrescenta “face a esta situação encontramos dificuldades de pagamentos de salários referentes ao mês de Março ”. Pelos transtornos causados a administração da Edilidade solicita compreensão dos seus funcionários.

Em contacto com o Jornal Txopela, o Vereador de Administração e Finanças do Conselho Autárquico de Quelimane, Elísio Alexandre, prometeu resolver a situação até ao dia 06 do mês em curso.

Leia:  Presidente da República inaugura linha Cuamba-Lichinga