Estados Unidos transportam bens para apoiar a resposta humanitária pós-ciclone idai

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

A pedido da Missão dos E.U.A. para Moçambique e em resposta a um apelo internacional de auxílio do Presidente Moçambicano Nyusi, o Governo dos Estados Unidos da América, através do Departamento de Defesa, começou a fornecer apoio crucial a Moçambique para ajudar as pessoas afectadas pelo Ciclone Idai.  Este apoio faz parte do esforço global de resposta humanitária nas áreas mais atingidas pela devastadora tempestade, que reforça e está estreitamente em coordenação com a resposta em curso ao desastre por parte do Governo da República de Moçambique.

Aeronaves militares e comerciais dos E.U.A. irão continuar a chegar e a viajar por todo o país nos próximos dias para entregar produtos de ajuda humanitária.  Estes produtos suportam a resposta do Governo dos E.U.A., Moçambicano e da ampla comunidade internacional.  Numa reunião com o pessoal militar dos E.U.A. que acompanha o primeiro dos aviões de carga militar a chegar a Moçambique, o Embaixador dos E.U.A. para Moçambique, Dennis W. Hearne, expressou o seu agradecimento pelo apoio deles ao esforço geral da missão dos E.U.A. em resposta ao desastre.  Ele sublinhou que ao trabalhar em estreita colaboração com a Embaixada dos E.U.A., a Equipa de Resposta e Assistência a Desastres da Agência dos E.U.A. para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e os nossos parceiros Moçambicanos e internacionais, estava confiante que os militares dos E.U.A. contribuiriam para salvar vidas e aliviar o sofrimento nas províncias do centro de Moçambique.

O Ciclone Idai deixou mais de 1.85 milhões de pessoas a necessitar de ajuda.  Para ajudar a atender às necessidades humanitárias mais prementes, estes transportes aéreos irão incluir alimentos essenciais, abrigo, água, saneamento e produtos de higiene para ajudar as pessoas nas áreas mais atingidas pelo ciclone.

Os Estados Unidos estão ao lado do Governo da República de Moçambique e do Povo de Moçambique à medida que a nação se recupera dos impactos devastadores do Ciclone Idai.  Como o maior doador mundial de ajuda humanitária, os Estados Unidos continuam comprometidos em ajudar o povo de Moçambique.