Cerca de 50 mil crianças imunizadas contra pólio em Quelimane

em DESTAQUES/SAÚDE por

Em meio de várias dificuldades enfrentadas pelo sector de saúde devido as chuvas que se fizeram sentir nas últimas semanas em Quelimane, a equipa alocada para vacinar crianças de zero a cinco anos de idade, vacinou um total de 47.938 contra a poliomielite.

A informação foi avançada esta segunda-feira (25), pelo Director Distrital de Saúde Mulher Acção Social de Quelimane, Eduardo Zezema, em entrevista ao Semanário Txopela.

A segunda ronda de vacinação contra pólio em Quelimane, decorreu após a recente descoberta de três casos da doença nos distritos de Derre e Molumbo.

Eduardo Zezema, disse que o número representa um esforço por parte das brigadas que se deslocavam de casa em casa para vacinar crianças menores de cinco anos de idade uma vez que alguns bairros da urbe se encontram totalmente inundados.

“47.938 crianças vacinadas mostra que as equipas envolvidas na campanha contra pólio, trabalharam de forma incansável mesmo com as dificuldades que hoje são visíveis. Falo das chuvas que inundaram os bairros da cidade de Quelimane”-realçou.

O Director Distrital de Saúde Mulher Acção Social de Quelimane, avança que foram registados um total de quatro recusas por parte de alguns líderes comunitários, aliado a não inclusão dos mesmos no processo de vacinação. Tratando-se de uma recusa relacionada a assuntos sociais e económicos, foi possível convencer as famílias dado ao perigo eminente associado à falta daquela vacina imunizante.

“Um líder comunitário não aceitava que sua comunidade ou família fosse vacinada, porque ele como líder não foi incluso no processo. Depois de ser explicado o perigo que corria, aceitou e vacinamos as famílias”-contou.

Apesar de várias dificuldades, Eduardo Zezema faz uma avaliação positiva da campanha, dado que envolveu uma equipa multissectorial, desde membros do governo, representantes dos partidos políticos, líderes religiosos e comunitários.