LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

“Votei em branco para evitar remorsos “- Rogério Warowaro

em DESTAQUES/POLITICA por

De entre os candidatos a Presidente da Mesa da Assembleia Autárquica de Quelimane, nomeadamente José Manuel da RENAMO e José de Morais da FRELIMO, Rogério Warowaro, disse que considera José de Morais uma pessoa idônea, competente e com capacidade de liderar a mesa.

“Eu votei contra José de Morais porque no meu entender o sistema “FRELIMO” não havia de lhe permitir mostrar a sua competência. Submeter-lhe-ia a trabalhos para contentar o partido. “ -realçou.
Rogério Warowaro cabeça de lista do MDM em Quelimane nas eleições de 10 de Outubro de 2018, reagia assim após o processo de eleição dos membros da mesa da Assembleia Autárquica de Quelimane, quando questionado sobre a sua decisão em ter votado em branco para a composição da liderança do órgão fiscalizador do exercício governativo.
Ao Jornal Txopela, Rogério Warowaro, membro da Assembleia Autárquica de Quelimane pelo partido MDM, diz que votou consciente de forma a evitar remorsos e não punir sua própria pessoa para contentar um certo grupo de pessoas.
Rogério Warowaro, afirma que para o candidato do partido RENAMO e já eleito Presidente da Assembleia Autárquica, José Manuel, não possuí qualidades e nem competência técnica para presidir o órgão.
“A RENAMO trouxe alguém de idade avançada, já reformado no aparelho de Estado, pois, para mim mostra claramente estar numa fase de menopausa! A melhor função para ele seria de ancião. Evitei carregar peso de consciência para toda a vida”- Afirma Rogério Warowaro.

Leia:  Possíveis lições a tirar sobre os “incedêncios” de Cabo Delgado
Translate »
Ir para topo