LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Manuel de Araújo volta a dirigir Quelimane no dia 07 de Fevereiro, garante o Governo da Zambézia

em DESTAQUES/POLITICA por

Está agendada para o próximo dia 07 de Fevereiro a tomada de posse dos Edis das 53 autarquias moçambicanas, eleitos no dia 10 de Outubro de 2018 em sufrágio de nível autárquico.

Nas 6 autarquias da província da Zambézia, as cerimonias de investidura dos presidentes dos concelhos e membros das Assembleias Municipais, serão testemunhadas pelo Governador da Zambézia, Abdul Razak, o Secretario Permanente Júlio Mendes e altos funcionários do Ministério de Administração Estatal e Função Publica, a tomada de posse será assegurada nos termos da lei e contará com a presença dos juízes dos Tribunais Judiciais, apurou o Jornal Txopela.

No centro das controvérsias, está a tomada de posse ou não de Manuel de Araújo eleito como cabeça de lista pela Renamo e certificado pelo acórdão do Conselho Constitucional de validação dos resultados eleitorais das eleições municipais de 2018.

Manuel de Araújo perdeu o mandato após ter decidido concorrer às eleições Autárquicas como cabeça de lista da Renamo e não do MDM, partido com o qual chegou ao cargo em 2013.

Para dissipar quaisquer equívocos sobre o assunto o Governo da Zambézia, garantiu nesta quarta-feira (30) em sede da segunda sessão ordinária do Governo que, todos os cabeças de listas eleitos deverão tomar posse no dia 07, suportando-se do acórdão do Conselho Constitucional.

Na Zambézia deverão tomar posse, Manuel de Araújo para a cidade de Quelimane, Geraldo Sotomane para o município de Mocuba, José Aniceto em Gurué, Miguel Muananvuca no município de Alto Molocué e Virgílio Dinheiro na Maganja da Costa.

Leia:  FRELIMO na Zambézia já tem candidatos a deputados da AR
Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat