FALHA NA REMOÇÃO DE LIXO EM 48 HORAS EM QUELIMANE: Araújo atira culpas a Albuquerque

em DESTAQUES/POLITICA por

Manuel de Araújo acusou Domingos Cesar Albuquerque, antigo presidente interino do Conselho Municipal da Cidade de Quelimane, de sabotar o plano orçamental para o ano de 2019 daquela instituição resultando em completa paralisação das actividades já previstas.

A fonte que falava nesta quarta feira ao Jornal Txopela e a Rádio Chuabo FM, aquando da inauguração do Centro de Compostagem de Quelimane, justificou que, o incumprimento da promessa de remoção do lixo em 48 horas deveu-se ao enceramento das contas do município.

O Presidente do Município de Quelimane disse ainda ser conhecido por todo cidadão informado, de uma tentativa de golpe de Estado Municipal, onde um grupo insatisfeito com o desenvolvimento desta autarquia, caçou o mandato do Edil sabotando as actividades do município para que não fossem desenvolvidas.

“No dia 4 de Fevereiro já devíamos ter inaugurado a estrada Joaquim Maquival que sai do lixo até ao Coalane, mas desde Agosto de 2018 que o município trabalha sem orçamento, por motivos desconhecidos, visto que, a proposta foi submetida. A coligação FREMEDEM que é a Frelimo e o MDM, sabotaram a aprovação desse orçamento, resultando em obras paradas e imundície” – afirmou Manuel de Araújo.

Leia:  MDM abandona sessão por desentendimento nos pontos de agenda: Araújo de cócoras