LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

“Diário da Zambézia” publica capa em branco em protesto contra a EDM

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

O jornal “Diário da Zambézia”, o mais antigo matutino eletrônico editado em Quelimane, publicou nesta segunda-feira (18) o seu numero 2097 com todas as paginas em branco, em protesto pela forma como a Eletricidade de Moçambique – Empresa Publica tem vindo a sabotar os trabalhos dos órgãos de informação independentes nesta circunscrição geográfica.

O Jornal Txopela e a Rádio Chuabo FM outras vitimas dos cortes “propositados da EDM”, denunciaram recentemente sobre o assunto e a avaria de seus equipamentos avaliado em cerca de   146 mil meticais, originado pela inobservância de princípios que regem os direitos do consumidor em Moçambique.

“Obrigado EDM”, diz o titulo em todas as 9 paginas do jornal “Diário da Zambézia”, que mantém uma linha crítica em relação ao governo. A Direcção daquela publicação em entrevista ao Jornal Txopela diz que “Os problemas são constantes” a equipe afecta para a produção da edição desta segunda-feira, esteve desde as 14 horas de domingo nas instalações da empresa para a preparação da tiragem, mas os cortes intermitentes forçaram a equipe a paralisar as actividades.

O protesto segundo o “Diário da Zambézia” é um mecanismo para dar voz “as pessoas que não conseguem expressar-se diante a EDM”.

A lei N 21/ 2009 de 28 de Setembro no seu artigo 14 estabelece que a provedora de serviços, EDM seja responsabilizada pelos danos morais e materiais caso seja provado que foi culpada.

Leia:  ZAMBÉZIA: Jornalista da Rádio Chuabo FM ameaçado de morte na sua residência
Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat