Araújo ainda sem datas para o pagamento de salários aos antigos membros da Assembleia

em DESTAQUES/POLITICA por

O pagamento de honorários aos membros da Assembleia Autárquica da Cidade de Quelimane do anterior mandato, continua a ser última prioridade no governo de Manuel de Araújo.

O Presidente do Conselho Autárquico de Quelimane, Manuel de Araújo, que falava nesta segunda-feira em Quelimane, numa entrevista a jornalistas de vários órgãos de comunicação social, disse desconhecer a saúde financeira da instituição, após inteirar-se através de um relactório interno que encomendou a área das finanças, poderá deliberar favoravelmente ou não.

O Edil de Quelimane, diz ser necessário rever as contas, e catalogar as prioridades de pagamentos, sem avançar datas, o autarca não confirma ou recusa o pagamento dos salários em atraso aos antigos membros da Assembleia Municipal chefiada por Domingos Cesar Albuquerque.

Ao todo são vinte e dois ex-membros da Assembleia Municipal de Quelimane que estão a cerca de 4 meses sem os seus ordenados.

Há dois problemas em volta do caso, o primeiro é que os membros da Assembleia municipal não reconheceram Manuel de Araújo como edil de Quelimane em função da decisão do Conselho de ministros de perda de mandato. O segundo tem que ver com a decisão final do caso pelo Tribunal administrativo que levou Domingos Albuquerque ao poder por 15 dias na Autarquia de Quelimane.

Leia:  INFORMAÇÃO