LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Imundíce toma conta de Quelimane

em SOCIEDADE por

Algumas Avenidas da Cidade de Quelimane na Zambézia, encontram-se submersas a lixo que tem vindo a invadir as ruas sob olhar impávido do Conselho Municipal da Cidade de Quelimane.
Munícipes entrevistados pela nossa Reportagem clamam pela recolha rápida do lixo uma vez que se aproxima a época chuvosa, período em que se verifica muitas doenças de origem hídrica.
César Evaristo, Sapateiro que exerce suas actividades na Avenida Amilcar Cabral, lamenta o facto, visto que passam três dias sem a recolha do lixo naquela avenida.
“Estamos agastados com a situação de lixo aqui na nossa avenida. Estamos a pedir para que o município venha tirar o lixo que esta a quase três dias sem a devida recolha”-disse Cesar Evaristo.
Baldez Himatrai, outro agente econômico que exerce suas actividades na mesma avenida, explica que trata-se de uma situação triste uma vez que as moscas invadem as instalações comerciais, visto que algumas pessoas deitam animais mortos no local onde contem o lixo.
“Eu não vendo nenhum produto alimentar mas esta cheio de moscas no meu estabelecimento. Estamos a aproximar a época chuvosa, período em que se verifica varias doenças de origem hídrica. A retirada rápida do lixo para evitar situações piores”-apelou.
Refira-se que, além da Avenida Amilcar Cabral, regista-se falta de recolha dos resíduos sólidos na Avenidas Paulo Samuel Kankomba, Eduardo Mondlane, Julius Nyerere.
Até o termino desta edição, a nossa equipe de reportagem tentou sem sucesso contactar as autoridades de tutela.

Leia:  Cidadão decepa seu próprio orgão genital na Zambézia

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat