LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

FIPAG ameaça corte no fornecimento de água em Quelimane

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

O FIPAG em Quelimane ameaça suspender o fornecimento de água em duas instituições publicas por falta de seriedade dos seus gestores no pagamento das facturas de consumo do precioso liquido.

A Direcção Provincial de Educação e Desenvolvimento Humano da Zambézia e o Conselho Municipal da Cidade de Quelimane, podem ficar sem água devido à falta de pagamento das facturas decorrentes do consumo daquele liquido fornecido pelo FIPAG.

“Estamos num período de negociação com as instituições devedoras no sentido de esclarecer e criar uma modalidade de pagamento. A Direcção Provincial de Educação e Desenvolvimento Humano na Zambézia e Conselho Municipal da Cidade de Quelimane, são as instituições de referência” – Ramos Paiva, gestor comercial daquela empresa falando ao Jornal Txopela.

O FIPAG em Quelimane lamenta a falta de pagamento das facturas de água, principalmente pelas instituições publicas, o facto está a criar prejuízos avultados a empresa segundo justificou Ramos Paiva.

A empresa alega que não dispõe de recursos financeiros para investir no sistema de transporte do precioso liquido decorrente da “falta de seriedade dos clientes da empresa”.

A fonte explicou ainda que caso as instituições implicadas não efetuem os devidos pagamentos, o Fundo de Investimento e Património de Abastecimento de Água, deverá proceder ao corte no fornecimento da água.

Leia:  25 grupos foliões participam do “carnaval fora da época” em Quelimane
Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat