LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Domingos Albuquerque: O Quinto Presidente de Quelimane

em DESTAQUES/GRANDE REPORTAGEM por

Domingos Albuquerque será por 15 dias o próximo Presidente do Município de Quelimane. O homem que diligenciou a cassação do mandato de Manuel de Araújo.

Domingos César Albuquerque de 39 anos de idade toma posse esta segunda-feira (21 de Janeiro de 2019) como o quinto Presidente do Município de Quelimane. Albuquerque chega ao poder pela força do Decreto do Conselho de Ministros N° 50/2018, de 29 de Agosto que ordena Manuel de Araújo a proceder à entrega de serviços a Domingos Albuquerque “na qualidade de Presidente da Assembleia Municipal da Cidade de Quelimane”.

A decisão resulta do Acórdão N° 86/2018, de 21 de Dezembro onde o “ Tribunal Administrativo julgou improcedente o recurso contencioso N° 85/2018-P, interposto por Manuel António Alculete Lopes de Araújo, contra o Conselho de Ministros, por falta de fundamento legal”.

O Ministério da Administração Estatal e Função Pública sublinha que nestes termos mantém se válida a perda de mandato de Manuel de Araújo a luz do decreto N° 50/2018, de 29 de Agosto, do Conselho de Ministros.

Domingos Albuquerque é natural de Nampula, norte de Moçambique, nasceu aos 23 de Janeiro de 1979. Licenciado em Direito pela Universidade Mussa Bin Bique em Quelimane, também possui um mestrado em Ciências Politicas: Governação e Relações Internacionais pela Universidade Católica de Moçambique.

Ao assumir a presidência interina do Conselho Municipal de Quelimane, Albuquerque tornar-se-á o quinto Presidente da autarquia desde que Quelimane foi elevada a categoria de Cidade.

Presidentes do Município de Quelimane

  1. Jaime Gerente
  2. Pio Matos
  3. Afonso João
  4. Manuel de Araújo
  5. Domingos Albuquerque

Militância política no partido MDM

Filiou-se ao Movimento Democrático de Moçambique em 2011, neste ano é confiado o cargo de Presidente da Liga da Juventude na unidade residencial do Aeroporto na Autarquia de Quelimane. No ano que se seguiu, a convite de Rogério Waro Waro [cabeça de lista do MDM em Quelimane nas ultimas eleições autárquicas] chegou a ocupar a posição de chefe de mobilização do primeiro posto administrativo municipal e cumulativamente a função de delegado da mesma circunscrição ao nível do partido MDM.

Leia:  Manuel de Araújo ameaça abandonar o MDM

No segundo mandato de Manuel de Araújo, é indicado pelo partido para presidir a Assembleia Municipal de Quelimane.

É o responsável pela intentona que hoje impede Manuel de Araújo de continuar a governar a cidade Quelimane, como Presidente da Assembleia Municipal, órgão que dirige reunido na primeira sessão extraordinária, [22 de Agosto de 2018] decidiu com votos a favor da Frelimo e do MDM, partido que elegeu Araújo, a perda da presidência da quarta cidade mais importante do país.

Manuel de Araújo foi eleito pelo MDM em 2013 para este mandato, mas abandonou o partido para encabeçar a lista da Renamo nas eleições de 10 de Outubro no município de Quelimane

Quelimane foi criada em 1763 como Vila, sendo elevada à categoria de Cidade a 21 de Agosto de 1942 (sob o Diploma Ministerial n.º1/42). Após a independência nacional, foi denominada com a categoria de Cidade de nível C (resolução n.º 7/78 de 25 de Abril). Possui, actualmente, 5 postos administrativos e 59 bairros. Quelimane é administrativamente um município com um governo local eleito.

Álbum de fotografias do acto de tomada de posse de Manuel de Araújo e Domingos de Albuquerque em 2014

Empossamento de Manuel de Araujo

Translate »
Ir para topo