Albuquerque exige mudança de assinaturas das contas bancarias do município de Quelimane

em POLITICA por

O Presidente interino do município de Quelimane, Domingos Albuquerque tenciona mudar as assinaturas que autorizam a movimentação de dinheiro das contas do Conselho Autárquico de Quelimane, garantiu ao Jornal Txopela fonte do pelouro de Administração e Finanças da Autarquia.

Segundo à fonte “o edil interino solicitou para que tratássemos os documentos de mudança de assinatura das contas do município, para que ele [Domingos Albuquerque] as passasse a assinar para autorizar movimentos por cheque”. — Explica.

A intenção não foi acolhida de forma “confortável” pelos técnicos afectos à aquela vereação que controla os fundos que garantem o funcionamento da municipalidade. ” Informamos que em 15 dias é quase impossível trocar de assinatura de uma instituição como o Conselho, mas como sabem estamos aqui para obedecer, se a vontade prevalecer teremos de obedecer”. — Garante a fonte que solicita anonimato por temer represálias.

O Jornal Txopela contactou telefonicamente, Domingos Albuquerque, o autarca explica que a mudança de assinatura “de qualquer forma deverá acontecer, para permitir o pagamento de despesas como combustível entre outros”.  Albuquerque repisa que Manuel de Araújo, presidente cessante “não pode assinar nenhum cheque” para ordenar a movimentação de dinheiro da municipalidade por ter sido cassado o seu mandato e não possuir legitimidade a luz da lei.

Recorde que o Presidente interino de Quelimane, em nota enviada ao Banco BCI e STB ordenou no dia 21 de Janeiro presente o cancelamento dos cheques em circulação das contas da edilidade em moeda nacional referentes a conta do Fundo de Investimento de Iniciativa Autárquica e conta da Empresa Municipal de Saneamento [Emusa] respectivamente.

A medida segundo Albuquerque visa a “regularização e actualização de procedimentos administrativos e financeiros ” da instituição visando servir cada vez melhor os munícipes.

Leia:  Município de Gurué às escuras