LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Quem matou Monteiro Martins? PRM CONTRADIZ-SE!

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

A Polícia da República de Moçambique na Zambézia, pode estar envolvida morte do Agente dos Serviços de Investigação Criminal (SERNIC) em Gurué, pelo facto de apresentar discursos contraditórios em justificação do baleamento mortal de um Agente.
O Agente que em vida respondia pelo nome de Monteiro Pedro Martins, teria encontrado a morte no dia 04 de Outubro do ano em curso, aquando de um confronto entre a polícia e os malfeitores, em reposta ao chamado do Comando Distrital da PRM de Molumbo.
Passado um mês, o porta-voz da Polícia da República de Moçambique na Zambézia Sidner Lonzo, disse que o cabecilha da quadrilha que protagonizou, um roubo no distrito de Molumbo e alvejou mortalmente um agente da SERNIC em Gurué, estava a contas com a Polícia da República de Moçambique, no distrito de Molumbo.
Sidner Lonzo, adiantou ainda que o indivíduo foi neutralizado no distrito de Cuamba em Niassa e na sua posse, foi recuperada uma arma do tipo AKM e as respectivas munições.
“No distrito de Molumbo está detido o cabecilha que a um mês assaltou e baleou mortalmente um Agente da PRM e na sua posse, foi recuperada uma arma do tipo AKM e as respectivas munições”-disse Sidner Lonzo.
Para apurar a autenticidade do facto, a reportagem do Semanário Txopela, escalou o distrito de Gurué, local onde o finado exercia suas funções, tendo constatado respostas contraditórias em relação a morte do Agente.
O Comandante Distrital da PRM em Gurué Júlio Armazém, afirma que o cabecilha do grupo que alvejou mortalmente o Agente, encontra-se em fuga, o que contradiz com os pronunciamentos do porta-voz da PRM na Zambézia.
Júlio Armazém, disse ainda que, diligências continuam por forma a capturar o meliante que esta amonte.
“Ainda não encontramos o meliante que alvejou mortalmente o nosso colega mas temos fotos e algumas pistas. Estamos em constante contacto com os colegas de Cuamba, local onde o meliante residia por forma a capturar”-disse JúlioArmazém.
De referir que no mês de Novembro, um outro agente teve o mesmo destino na cidade de Quelimane.

Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat