Salimo Abdula defende livre circulação de pessoas e bens na CPLP

em DESTAQUES/ECONOMIA E NEGÓCIOS/SOCIEDADE por

– Na qualidade de Presidente da CE-CPLP, o empresário moçambicano diz que a conferência abriu oportunidades de negócio e partilha de experiências.

Moçambique participou no passado 1 e 2 de Outubro, na capital portuguesa, Lisboa, numa conferência empresarial apelidada de “Perspectivas da América Latina nas Dinâmicas com a Europa e a CPLP”. O país foi representado no evento pelo Presidente da Confederação Empresarial da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CE-CPLP), o empresário Salimo Abdula.

A apresentação de oportunidades de negócio e investimento por empresários de Miami, marcou o arranque para o networking empresarial no âmbito da Conferência organizada pela Associação Industrial Portuguesa (AIP).

Para além de Moçambique, a conferência contou com a presença de empresários de Andorra, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Espanha, EUA, México, Nicarágua, Panamá, Peru, República Dominicana e Uruguai.

Intervindo na conferência, Salimo Abdula sublinhou que o encontro serviu para abertura de portas a mais oportunidades de negócios, partilha de experiências e muita aprendizagem para todos os envolvidos.

“A Confederação Empresarial da CPLP tem vindo a crescer muito como resultado da dinâmica dos seus associados, e neste caso particular, reconhecemos a valiosa contribuição da AIP de Portugal, a CACB do Brasil, e dos países representados na AICO”, destacou o Presidente da CE-CPLP.

Salimo Abdula repisou a necessidade da livre circulação de pessoas, bens e capitais nos países da CPLP e dentro dos blocos regionais em que estão inseridas estas nações. Aliás, aquando da realização da 1ª Conferência Económica do Mercado CPLP, em Maputo, o empresário apelou aos governos dos países da organização a empenharem-se na livre circulação de pessoas e bens, para o desenvolvimento económico da comunidade.

Durante a Conferência de Lisboa foram debatidos temas como: “Portugal Plataforma de Negócios – Europa, América Latina e CPLP: Que desafios?” e “Lisboa e Miami: Turismo e Negócios Internacionais – Modelos de desenvolvimento”, para além do tema ligado à Arbitragem Comercial.

Leia:  Vota-se em tranquilidade na Escola Primária de Aeroportos 

 O evento decorreu no âmbito da Assembleia Geral da AICO, uma organização Ibero-Americana que integra e coordena as Câmaras de Comércio e Indústria da América Latina, Península Ibérica e respectivas comunidades empresariais nos EUA.