prm1 - PRM na Zambézia decreta tolerância zero a perturbação no período de votação

PRM na Zambézia decreta tolerância zero a perturbação no período de votação

//

A Polícia da República de Moçambique na província central da Zambézia, afirmou esta segunda-feira que não irá tolerar casos de perturbação da ordem durante e depois do período de votação em toda a extensão geográfica província.

O posicionamento foi tornado público por António Paulo, Director da Ordem e Segurança Públicas no Comando Provincial da PRM na Zambézia, em conferência de imprensa concedida por aquele órgão, para avaliar o nível de prestação do efetivo policial da província, durante o período da campanha eleitoral que teve lugar em seis autarquias da província.

António Paulo disse no entanto que a sua coração faz um balanço positivo da campanha eleitoral que acaba de terminar, pese embora um tenham se registado alguns ilícitos eleitorais registados ao longo do período em analise: “A policia faz um balanço positivo, no que a manutenção da ordem e da tranquilidade diz respeito, embora tenham sido registados alguns casos isolados de ilícitos eleitorais de pequena dimensão, no geral m afirmar a campanha foi pacifica e ordeira”.

Entre outros casos, a policia na província da Zambézia, registou a ocorrência de ilícitos eleitorais nas autarquias de Quelimane, Alto Molocue, e Milange, tendo destacado o caso de ofensas corporais perpetrados pelo cabeça de lista do Movimento Democrático de Moçambique MDM na cidade de Quelimane Rogério Waro Waro, a vandalização da viatura do actual Presidente do Conselho Autárquico de Alto Molocue e a vandalização do material propagandístico da FRELIMO e consequente destruição da residência de um dos membros do partido FRELIMO em Milange.

António Paulo disse que aliados a esses crimes, vários processos instruídos pela Policia de Protecção Civil e que contarão com o apoio dos Serviços Nacionais de Investigação Criminal, para apurar os autores, contornos e motivações por detrás destes ilícitos, como forma de dirimir os conflitos e repor a ordem e a tranquilidade públicas.

Luis de Figueiredo

Luis de Figueiredo - Jornalista

Eleicioes Zambezia - PRM na Zambézia decreta tolerância zero a perturbação no período de votação
Notícia Anterior

CPE da Zambézia apela para afluência massiva dos eleitores

WhatsApp Image 2018 10 09 at 08.13.59 1 - PRM na Zambézia decreta tolerância zero a perturbação no período de votação
Próxima Notícia

Ministra do Trabalho concede tolerância de ponto para amanhã

Recente deAUTÁRQUICAS 2018

Translate »
WhatsApp chat