LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

FIPAG acusa EDM de inviabilizar os seus trabalhos

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

Comunicação deficitária entre a Electricidade de Moçambique EDM e o Fundo de Investimento e Património de Abastecimento de Água FIPAG está a deixar os munícipes de Quelimane sem o precioso líquido.

Segundo Lemos Paiva, Porta-Voz do FIPAG em Quelimane, o problema de restrições no abastecimento da água na cidade de Quelimane deve-se aos cortes recorrentes no fornecimento da corrente eléctrica por parte da empresa responsável pelo processo no país.

A título de exemplo, Paiva disse que um poste de transporte de energia havia caído no distrito de Nicoadala, tendo criado embaraço no processo de bombagem do precioso líquido a partir do furo de Licuar. Não obstante o problema causado pela paralisação, segundo o Porta-Voz do FIPAG, a EDM não teve o cuidado de comunicar sobre o restabelecimento da corrente eléctrica.

Outro episódio apresentado por Lemos Paiva é o facto de a EDM não ter restabelecido a corrente no horário prometido, em caso concreto do Domingo passado.

Leia:  EDM sabota trabalhos da Rádio Chuabo FM na Zambézia
Translate »
Ir para topo