LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

MDM provou a sua supremacia e inundou as vias com os seus membros no Gurue

em AUTÁRQUICAS 2018/DESTAQUES/POLITICA por

A cidade de Gurúè parou ligeiramente na tarde deste sábado(29.09) para fazer vênia ao MDM e o seu cabeça de lista para presidência daquela autarquia Orlando Janeiro. Num desfile que teve o início na Escola Eduardo Mondlane até a zona do Quartel e que contou com uma escolta policial reforçada, o Movimento Democrático no Gurue paralisou a estrada que liga essa escola à zona do Quartel, passando pelo mercado Central por cerca de uma hora de tempo. Numa caravana composta maioritariamente por jovens, a mistura com adultos e velhos, envergando disticos e vestidos a rigor com camisetes e capulanas, o MDM desfilou a sua classe e provou ser o partido do momento pelo menos esse sábado. De “Onera sa pama, sim na mucoquela sa pama”, que significa “aquele que faz o bem, o bem lhe retorna”, era possível ouvir “Gurúè é para os de Gurúè, os de Tete, boa viagem”.

Mas, como não é possível correr tudo bem na caça ao voto, subitamente as balas da PRM dispersaram os membros do MDM e instalou—se um caos nas vias de Gurúè concretamente a que liga o cine Gurúè ao mercado Central, o desfile continuou escoltado pelo carro da Polícia Municipal, enquanto o carro da PRM se entretia nos disparos. Nessa lenga lenga, os utentes da via é que ficaram prejudicados, uma vez que a caravana do MDM parou concretamente no cruzamento, junto ao semáforo por mais de 30 minutos.

Leia:  Forças militares extorquem cidadãos nas escoltas militares em zonas de guerra
Translate »
Ir para topo