LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Fundo de Redução a Pobreza Urbana: Mutuários financiados e capacitados

em DESTAQUES/ECONOMIA E NEGÓCIOS/SOCIEDADE por

O Conselho Municipal de Quelimane, através do Fundo de Redução da Pobreza Urbana (FRPU), financiou e capacitou mutuarios em matéria de Gestão de Negócios, para ajudar os beneficiários a gerir da melhor forma o investimento e garantir melhor retorno do lucro no exercicio das suas actividades economicas.

Trata-se de mutuários dos cinco postos administrativos da Cidade de Quelimane, cujos projectos respeitam os padrões exigidos para a concessão do fundo.

Entretanto, tal como acontece ao nível nacional, o reembolso do valor creditado aos beneficiários do financiamento no Município de Quelimane não é satisfatório. Para inverter este cenário, a edilidade vem realizando actividades de monitoria e avaliação dos projectos de rendimento.

Como resposta aos desafios de gestão de recursos financeiros, a educação financeira aos mutuários do programa de redução da pobreza urbana no Município de Quelimane é uma prioridade.

Segundo António Alfândega, responsável pelo FRPU, o crédito consignado para pessoas com capacidade de realizar actividades, introduzido como forma de melhorar as condições de vida e contribuir no aumento da renda familiar, tornou-se um dos principais instrumentos para o desenvolvimento socioecónomico.

Segundo Manuel de Araújo, Presidente do Conselho Municipal de Quelimane, apesar da tendência de subida do nível de reembolso nos últimos anos, o retorno do fundo ainda não constitui o satisfatório, dai que os mutuários devem estar altamente capacitados com conhecimento em matéria sobre finanças por forma a construir uma cultura de gestão.

No encontro realizado no Posto Administrativo N2, foram destacados os mutuários que cumpriram a obrigação de reembolsar o valor na totalidade. Os mesmos beneficiaram de um acréscimo de cerca de 100% do financiamento.

Leia:  A PIOR FIGURA DO ANO: Yassin Calú
Translate »
Ir para topo
WhatsApp chat