PRM confirma morte de uma pessoa e ferimento de cinco em Inhassunge

em DESTAQUES/SOCIEDADE por

O Comando Provincial da Policia da República de Moçambique PRM ao nível da Zambézia, confirmou a morte de uma pessoa e ferimento de outras cinco, na sequência dos confrontos havidos semana passada, entre as forças da PRM, especificamente à Unidade de Intervenção Rápida—UIR e os moradores da localidade de Olinda, no distrito de Inhassunge.

Segundo Sidney Relógio, substituto do Porta-voz do Comando Provincial da PRM na Zambézia, que avançou o facto no habitual briefing semanal daquela corporação, os agentes da lei e ordem agiram em legítima defesa dado que, segundo as suas palavras, os moradores pretendiam agredi-los empunhando instrumentos contundentes.

A fonte adiantou ainda que o incidente teve lugar como ultima alternativa, dado que, segundo defende, os ânimos dos populares estavam bastante elevados: “O incidente aconteceu acidentalmente porque os agentes da Unidade de Intervenção Rápida estavam a tentar conter os ânimos dos populares que avançavam contra eles empunhando instrumentos contundentes diversificados. Esgotadas todas as alternativas para o diálogo pacífico, tiveram que disparar alguns tiros que culminaram com a morte de uma pessoa e o ferimento de cinco outras pessoas” – palavras de Sidney Relógio.

No entanto, fontes seguras do distrito de Inhassunge, garantiram ao Semanário Txopela que o número de vítimas foi muito maior do que o apresentado pelo Porta-voz substituto da PRM. Contudo, uma equipa de profissionais desta publicação encontra-se desde a manhã de hoje, no distrito de Inhassunge, para apurar a veracidade dos factos.

Leia:  Chefe de Estado apela à produção agrícola em Mulevala

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.