Os Salmos das minhas aventuras…

em OPINIÃO por

Olá, são 23h44, não consigo dormir. Não sinto sono, mas vem-me imensa vontade de cochilar. Estou em estado de insônia! Procurar por motivos para poder pegar no sono seria uma saída de mestre, mas não é assim que funciona. Porém, sentado, eis que me envolvi em viagens psicológicas. Viajava eu para um mundo perto, um lugar aonde eu conheci por influência.

As minhas benditas vozes queriam que escrevesse algo sobre aquele sítio.

“Tenho eu de voltar no tempo?”, perguntei-me. A resposta foi uma sensação de estar próximo à um espaço único, sobre as dunas da praia.

Senti regressar para um passado e lugar não tão distante. Senti ares frescos com cheiro típico de praia e uma vontade de escrever sobre as maravilhas de Deus. O céu estava avermelhado, o mar castanho, as areias brancas e eu em paz.

Olhando para o céu, lá no horizonte, uma bola de luz desce com vagar. É o meu dia a ir-se.

“Sunset”, chamariam assim os que dominam o inglês, mas cá entre nós, pôr-do-sol soa melhor(…)

Na companhia de mim mesmo, orava, com felicidade e admiração. Cantava, louvores de gratidão enquanto tocava nas areias brancas e salgadas. Sentado, com os olhos sedentos de lágrimas, encontrava no pôr-do-sol uma esperança sobre dias abençoados. Queria tanto poder viver situações idênticas todos os dias da minha vida. Mas naquele momento, interessava-me mesmo estar mais próximo ao horizonte para poder tocar e abraçar o sol pois a sua missão de esquentar-nos havia chegado ao fim – queria ser seu amigo.

E o sol se foi, a vontade de reviver aquele momento consumiu o meu ser. Eu queria que tudo começasse novamente. Em Salmos 37:4, “Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração”, eram as escrituras sobre as quais devia assegurar-me. Senti tal afecto de Deus em meu coração.

Leia:  Primeiro EU, segundo EU, terceiro EU... Rogério Júnior

Ah, “provem e vejam como o Senhor é bom.

Como é feliz o homem que nele se refugia”, Salmos 34:8. Mais uma base para fechar os olhos e viver uma outra experiência: um céu limpo, maré calma, gaivotas felizes de liberdade e eu exaltado. Estava em um mundo sereno, como se de Canã se tratasse. Estava 14 andares do chão — No céu, uma bola avermelhada com humildade despedia-se. Descia com vagar e estilo, “seja louvado o senhor, criador do céu e da terra”, pensei enquanto falava para mim mesmo o quanto apreciava o pôr-do-sol. E acredite: era a minha segunda vez na vida a olhar para algo assim, tão anteriormente desnecessário.

“Seu santo monte, belo e majestoso, é a alegria de toda a terra. Como as alturas do Zafom é o monte Sião, a cidade do grande Rei”, Salmos 48:2. É nela em que eu me encontrava. Vivia os momentos de paz e alegria. Parecia que o tempo havia mesmo congelado e as beldades do mundo conspirassem a meu favor.

 

Desculpa, acho que não introduzi bem o texto e devem sentir-se confusos porque o título é apenas um emoji ao invés de uma palavra. Foi o que veio em mente e o que deveria ser(…)

Portanto, eis a razão de o texto não ter um título palavras. Sim, assim tão simples, tanto como nas minhas viagens — aonde o tempo todo fiquei boquiaberto e sem palavras, o emoji de agradecimento veio a demostrar positivamente o gesto de gratidão humanamente feito: (🏿).

Posteriormente regressei das minhas psicológicas viagens para o mundo dos humanos, ademais ainda sentado, as minhas vozes disseram “Este é o dia em que o Senhor agiu; alegremo-nos e exultemos neste dia”, Salmos 118:24 — lembrando-me, assim, a gratidão ao Senhor — tal como em Salmos 136:1, aonde ele aconselha-nós a “dar graças ao Senhor, porque ele é bom.

Leia:  Contra Doutrina – Trump, um ano de sucesso afro-latino na música pop

O seu amor dura para sempre”.

Hoje está um dia lindo para ir ver o sol nascer. Está um dia espetacular para ver a luz do mundo tomar o seu lugar, é um novo desafio para mim, ver o nascer do sol. Aliás, hoje, convido-te a ver o pôr-do-sol e comigo cantar aleluia, hosana hosana, pelos ares de paz, céu de calma, areias de amor e águas salgadas recheadas de bondade. Vamos?

 

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.