FÓRUM INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS 2018 FOTO3

Salimo Abdula premiado pelo desempenho de excelência à frente da CE-CPLP

em DESTAQUES/ECONOMIA E NEGÓCIOS/SOCIEDADE por

O empresário Salimo Abdula foi recentemente galardoado em Portugal, com o prémio de reconhecimento de países de língua portuguesa. O moçambicano recebeu o prémio em reconhecimento do trabalho que tem estado a desenvolver para a evolução económica da Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CE – CPLP).

Com mais de 30 anos de experiência empresarial, em diversos sectores, Salimo Abdula, Presidente Executivo da Confederação Empresarial da CPLP foi galardoado durante a “Feira & Fórum Internacional de Negócios 2018” que decorreu sob o lema “Lusofonia como plataforma de Ligação” e que teve lugar na cidade de Porto, em Portugal, nos dias 14, 15 e 16 de Junho em curso.

Visivelmente emocionado com o reconhecimento, o empresário moçambicano apontou a necessidade de continuar a trabalhar no complemento do esforço que a Associação de Jovens Empresários Portugal-China (AGPS) tem estado a fazer neste espaço da lusofonia.

“A mim cabe-me continuar a trabalhar no complemento do esforço que a AGPS tem estado a fazer neste espaço na lusofonia, trabalho que eu pessoalmente, e os meus colegas da direcção, aqui alguns presentes, vão continuar a determinar porque de facto, o poder do querer está naquilo que os empresários querem. E é isso que nós vamos continuar a trabalhar e certamente que juntos somos mais fortes e fazemos o mundo avançar”, destacou Salimo Abdula.

O empresário moçambicano não tem dúvidas dos avanços que a CE – CPLP tem estado a fazer para o bem da organização e acredita que nos próximos tempos, este organismo será destaque na economia mundial.

“A CPLP vai certamente, dentro de algumas décadas, ser um dos maiores poderes económicos no planeta terra. Aguardem-nos”, assegurou Salimo Abdula, momentos após ter recebido o prémio de reconhecimento aos seus trabalhos.

Leia:  Grupos de WhatsApp querem ajudar a localizar familiares incomunicáveis na Beira

A recordar que aquando da sua intervenção na semana passada, no Fórum Internacional de Negócios, em Portugal, sobre o tema: “A Lusofonia Como Plataforma de Ligação”, Salimo Abdula anunciou que há muito que tem estado a falar sobre o potencial da CPLP e sobre o que é preciso fazer para aproveitar todo esse potencial em benefício da comunidade da CPLP.

Salimo Abdula apontou que para além da língua comum, os países da CPLP possuem muita terra arável, água, mão-de-obra e muitos recursos naturais que se traduzem em potencial energético e turístico muito elevado. “Unidos podemo-nos tornar num mercado muito atractivo junto da União Europeia, Mercosul, ASEAN, SADC, entre outros”, sublinhou.

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.