LIBERDADE & INDEPENDÊNCIA

Populacao da Zambezia _ Jornal Txopela

Nyusi solicita colaboração dos líderes tradicionais no combate aos casamentos precoces

em DESTAQUES/POLITICA/PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA por

O Chefe do Estado moçambicano, Filipe Nyusi regressou a província central da Zambézia, três meses após a última visita no quadro da inauguração de 13 novas pontes que ligam à Zambézia e Niassa, norte do País em Março último.

Filipe Nyusi aterrou na manha desta segunda-feira (18) no aeródromo de Quelimane onde saudou a população residente na capital da província da Zambézia,

“Nesta Província, o Chefe do Estado moçambicano vai escalar sucessivamente os Distritos de Mulevala, Namarrói, Molumbo e Milange, onde tem agendado encontros com os Governos locais, reuniões com diversos segmentos da sociedade, comícios populares e visitas a empreendimentos de interesse económico e social” — explica o comunicado oficial emitido pela presidência da Republica.

No arranque da visita de quatros dias à Zambézia, em Mulevala de onde dirigiu um comício popular na tarde desta segunda-feira, o Chefe de Estado Filipe Nyusi, apresentou o seu repúdio contra os casamentos prematuros. Nyusi apelou as famílias a não tolerarem os casamentos prematuros e de igual forma pediu colaboração dos líderes tradicionais para o combate desta prática que classifica de má para o desenvolvimento harmonioso das crianças.

Leia:  Rijone desafiado à imprimir qualidade na educação em Quelimane

Deixe a sua opinião

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Translate »
Ir para topo